Força-dupla


Quando se sonha junto, vira realidade!

Graças à produtiva parceria entre o deputado Fernando Cury e seu irmão, o ex-prefeito de Botucatu João Cury, que, juntos, protagonizaram inúmeras interlocuções junto ao Governo do Estado, a cidade se desenvolveu a passos largos nos últimos anos. Por meio dessa força-dupla muitos investimentos foram direcionados para Botucatu e uma extensa lista de realizações se formou. Confira algumas delas:

 

Botucatu é a primeira cidade do país a contar com Poupatempo Ambiental

 

A Prefeitura de Botucatu, em parceria com o Governo do Estado, inaugurou no dia 9 de junho de 2016, o Poupatempo Ambiental. Este é o primeiro equipamento público do gênero no País a reunir, em um só local, todos os órgãos que prestam serviços na área do Meio Ambiente, de forma regional.

 

O equipamento abriga a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e outros órgãos estaduais como a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), Instituto Florestal, Fundação Florestal, CBRN (Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais) e CFA (Coordenadoria de Fiscalização Ambiental). A obra contou com um investimento de quase R$ 2 milhões.

 

“O Poupatempo, por exemplo, quando foi inaugurado em Botucatu ainda não existia em nenhuma outra cidade com menos de 200 mil habitantes e virou realidade para agilizar a vida da nossa população. É um grande legado do governo do ex-prefeito João Cury”, destaca o deputado Fernando Cury.

 

 

Banco de Alimentos beneficia população carente e produtores rurais

 

A Prefeitura de Botucatu em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) viabilizou a construção e compra de equipamentos que serão usados para os trabalhos do Banco de Alimentos que funciona junto às antigas instalações do Matadouro Municipal, na região da Vila Ema.

 

O Banco de Alimentos funciona como uma central de arrecadação de alimentos, provenientes de doações. Os produtos são recebidos, selecionados, separados em porções, processados ou não, embalados e distribuídos gratuitamente às entidades assistenciais, como forma de complementação às refeições diárias da população carente da cidade.

 

O deputado Fernando Cury trabalha par que seja criado um programa estadual - onde em Botucatu seria o piloto no Estado de São Paulo - nos moldes do Programa Paulista de Agricultura de Interesse Social (PPAIS), com o objetivo de beneficiar o pequeno produtor. Nele, o Governo do Estado repassaria uma verba ao Banco de Alimentos para que possa comprar folhas, legumes e os frutos dos produtores rurais.

 

“Meu irmão e eu nos empenhamos para transformar mais esse sonho em realidade. No primeiro ano de operação, o serviço recebeu pouco mais de 64 toneladas de alimentos. Desse total, 53,6 toneladas conseguiram ser distribuídas a entidades do Município, aproveitamento superior a 80%. O restante é encaminhado a produtores rurais que utilizam as perdas em forma de compostagem. Fico muito feliz por ter feito parte dessa história”, destaca Fernando Cury.

 

Avenida Perimetral contempla região leste

 

Uma nova avenida surgiu no ‘coração’ da região Leste, em Botucatu. Quem trafega por bairros como Conjunto Habitacional “Antonio Hermínio Delevedove” (Cohab 4), Jardim Bandeirante, Jardim Ciranda, Jardim Brasil, Jardim Peabiru e Conjunto Habitacional Antonio Hermínio Delevedove (Cohab 2) agora conta com uma nova alternativa viária que permite deslocamentos mais rápidos, com mais conforto e segurança.

Futuramente, ela permitirá a ligação entre as rodovias Alcides Soares e Marechal Rondon. A obra foi viabilizada por meio de convênio firmado com o Governo do Estado, com apoio e articulações feitas pelo deputado Fernando Cury. “O apoio do deputado Fernando Cury tem sido fundamental junto ao Governo do Estado para que pudéssemos concretizar essa obra”, garante o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura de Botucatu, André Peres.

 

Parque Tecnológico impulsionará desenvolvimento regional  

O Parque Tecnológico Botucatu foi inaugurado em abril de 2015. A unidade botucatuense vai desenvolver novos produtos e serviços nas áreas de bioprocessos, biotecnologia, meio ambiente, produtos florestais, produtos naturais da fauna e da flora, tecnologias sociais e logística. O principal objetivo desse centro e transformar conhecimento científico em produtos que possam ser colocados no mercado para atender as necessidades da população.

O Governo de Estado investiu cerca de R$ 10 milhões no Parque e a Prefeitura de Botucatu destinou R$ 1,4 milhão em recursos para a iniciativa.

É o embrião para que a cidade se transforme, no futuro, em um importante Polo Moveleiro. Após gestões coordenadas pelo deputado Fernando Cury e o prefeito de Botucatu, João Cury, o Governo do Estado autorizou a liberação de R$ 300 mil para que seja elaborado um estudo de viabilidade econômica, financeira e operacional para a possível criação de um Polo Moveleiro em Botucatu.

Esse centro produtivo deverá beneficiar toda a região, que possui vocação para o desenvolvimento de atividades agrícolas, ao gerar empregos e beneficiar o produtor rural, que será responsável pelo fornecimento da matéria-prima utilizada na fabricação dos móveis. Será importante, inclusive, para o crescimento da agricultura familiar, que poderá melhorar sua renda.

Caso Botucatu se transforme em um “Polo Moveleiro”, muitas outras empresas que compõem essa cadeia produtiva seriam atraídas para o município, gerando emprego, renda e desenvolvimento para nossa população.

 

Modernização do Aeroporto de Botucatu

Transformar o aeroporto de Botucatu em um novo vetor de desenvolvimento regional, gerando empregos e possibilitando diminuir a distância do município com os principais centros de negócios do Brasil. Com essa proposta, o prefeito João Cury conseguiu convencer o Governo do Estado da importância de municipalização do aeroporto “Tancredo Neves”, que há décadas estava sob administração do DAESP (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo). A vitória foi alcançada em dezembro de 2012, com a assinatura do governador Geraldo Alckmin, que devolveu a gestão do aeroporto ao Município.

Serão investidos cerca de R$ 7,3 bilhões na construção ou reforma de 270 aeroportos em todo o território nacional. O valor estimado para os investimentos que deverão ser realizados no aeroporto de Botucatu ultrapassa os R$ 80 milhões. O deputado Fernando Cury, que também apoiou politicamente o projeto e participou de uma das audiências para tratar do assunto, em Brasília, vê com otimismo a possibilidade de transformar o aeroporto de Botucatu neste novo vetor de desenvolvimento para a região.

“Estamos muito esperançosos pela liberação de recursos já que o projeto foi muito bem elaborado. Será uma grande conquista para o município e para toda a região”, comemora o parlamentar.

 

Obras do Centro Paradesportivo avançam

A construção do Centro de Inclusão Esportiva, ao lado do ginásio municipal Mário Covas, no Bairro Alto, é mais uma grande conquista para Botucatu e que contou com a atuação da força-dupla, formada pelo ex-prefeito João Cury e o deputado estadual Fernando Cury, que fez importantes gestões na busca por recursos. O complexo representa um avanço na promoção da inclusão das pessoas com deficiência. A unidade conta com salão de fisioterapia, vestiários, administração, piscina de hidroterapia (aquecida) e piscina semiolímpica com quatro raias (aquecida). O investimento compartilhado entre a Prefeitura e o Governo do Estado é de R$ 1.256.093,86.

Também já se encontra em construção um ginásio paraolímpico com quadra em dimensões oficiais (40 x 20 metros) e capacidade para receber 800 pessoas, que atenderá modalidades como basquete em cadeira de rodas e vôlei adaptado. O investimento será de R$ 2,1 milhões.

Inclusão social - Outro grande investimento voltado à inclusão de pessoas com deficiência é o Centro de Tecnologia e Inclusão Social que está sendo construído ao lado do ginásio municipal de esportes, no Bairro Alto.

O projeto contempla salas para oficinas de orientação profissional, cultural (teatro/vídeo), artesanato, tecnologia em informação e comunicação, Acessa São Paulo, pátio de convivência, sanitários adaptados, recepção, diretoria, secretaria e anfiteatro para 200 pessoas. Para execução da obra, o Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura, com gestões feitas pela força-dupla formada pelo ex-prefeito João Cury e o deputado estadual Fernando Cury, investirá R$ 1.776.581,33.

 

Botucatu terá primeira Pinacoteca do interior paulista 

A Prefeitura de Botucatu e a Secretaria de Estado da Cultura firmaram convênio para recuperação do antigo prédio do Fórum para instalação da primeira Pinacoteca do interior do Estado. As obras estão em estágio bastante avançado.

O investimento total passa de R$ 15 milhões. O deputado Fernando Cury tem trabalhado intensamente com gestões junto ao Governo do Estado para que o repasse de recursos para o andamento da obra seja mantido. Recentemente, ele acompanhou o atual prefeito de Botucatu, Mário Pardini, em reunião com o ministro da Cultura, Roberto Freire, que é de seu partido, o PPS.

A Pinacoteca de Botucatu irá abrigar salas voltadas à exposições temporárias e de longa duração (pintura, gravuras, fotografias), para o setor educativo, leitura, estudo, restauro, ateliês, recepção/bilheteria e um auditório para conferências, além de sanitários e salas para o setor administrativo.

 

Ampla reforma transforma o Mercado Municipal

A obra de recuperação do cinquentenário prédio do Mercado Municipal “Vereador Progresso Garcia”, na região central da Cidade, foi viabilizada pela Prefeitura de Botucatu e financiada pela Desenvolve São Paulo. O custo da obra é de R$ 2 milhões. Desde sua inauguração em 1962, o prédio nunca havia passado por uma grande reforma. As melhorias foram possíveis graças a gestões feitas pelo deputado Fernando Cury em parceria como ex-prefeito João Cury.

Além da modernização dos sistemas elétrico, hidráulico, redes de telefonia, informática, esgoto, revestimento e piso, as obras permitirão a otimização dos espaços, criação de boxes maiores, praça de alimentação, mezanino para eventos, ampliação dos sanitários e instalação de elevador para melhorar a acessibilidade.

 

Obras da ciclovia avançam com instalação de estações de lazer

A construção da ciclovia de cerca de 8 km de extensão que ligará as regiões norte e oeste da Cidade, integrando os campi da Unesp do Lageado e Rubião foi uma das grandes conquistas do governo do ex-prefeito João Cury. As obras representaram um investimento de R$ 3,7 milhões.

Os recursos foram viabilizados através de uma operação de crédito contraída pelo município junto a Desenvolve SP, agência de fomento do Governo do Estado, após articulações do deputado Fernando Cury.

 

Pavimentação do Jardim Monte Mor

Mais um grande investimento realizado pelo prefeito João Cury que contou com apoio político do deputado estadual Fernando Cury foi a pavimentação completa de ruas do Jardim Monte Mor, na região Norte da Cidade. 

Por vários anos, os moradores sofreram com o pó em dias secos e o barro em dias de chuva. Muitas ruas ficavam intransitáveis, dificultando o acesso de serviços básicos como a coleta de lixo e a chegada de serviços essenciais como ambulâncias e o transporte escolar. Mais de 30 mil m2 de ruas foram recapeados ou pavimentados no bairro. No total, entre asfalto e galerias, a Prefeitura de Botucatu investiu mais de R$ 1 milhão em infraestrutura.

Agora, a comunidade conta com o bairro 100% asfaltado e sistemas de drenagem da água da chuva, trazendo também maior valorização aos imóveis.

 

Prefeitura transformará campo da Vila Maria em grande complexo esportivo

Foi formalizada durante a gestão do ex-prefeito João Cury a doação ao município da área onde está localizado o Estádio Petrarca Bacchi, popularmente conhecido como campo da Vila Maria. Há alguns anos a Prefeitura e o clube mantinham negociações e agora, finalmente, o acordo foi selado entre as partes.

A intenção da administração anterior era transformar o espaço em um grande complexo esportivo e social. Além da recuperação do estádio, com a instalação de gramado sintético, iluminação e construção de novos vestiários, o projeto contempla implantação de pista de caminhada, construção de ginásio poliesportivo, quadras de tênis, academia ao ar livre, estacionamento e área administrativa.  A prefeitura já abriu processo licitatório para investir na construção de novo de muro, gradil e portão além de 1.206 metros quadrados de calçada. O deputado Fernando Cury tem sido um importante aliado na busca de recursos, em parceria com o governo municipal.

 

O início de um novo ciclo de desenvolvimento para Botucatu

Com o fim dos oito anos de mandato do ex-prefeito João Cury, Botucatu encerrou uma importante etapa de prosperidade e crescimento. João concluiu sua administração deixando um legado que vai ficar para a história da cidade.

Graças ao trabalho duro e incansável João Cury se tornou uma importante liderança regional que, em 2014, foi fundamental para ajudar Botucatu a ter, novamente, depois de 20 anos, um deputado estadual eleito: Fernando Cury. Juntos, eles formaram uma força-dupla que trouxe várias conquistas para a cidade, entre as principais delas, o restaurante popular Bom Prato Saúde, que serve café da manhã a R$ 0,50 e almoço a R$ 1,00 aos pacientes do Hospital das Clínicas e seus acompanhantes. Comida de qualidade para quem antes, muitas vezes, não tinha o que comer.

Ao terminar sua missão como prefeito, em um governo com altos índices de aprovação popular, João teve um papel importante na eleição do seu sucessor: o atual prefeito Mário Pardini. Ao caminhar ao lado de Pardini, e de seu vice, André Peres, pelas ruas da cidade, conseguiu fazer com que as pessoas entendessem que o seu então candidato representava o melhor projeto para que Botucatu inicie um novo ciclo de desenvolvimento.

Por fim, como reconhecimento por oito anos de muito trabalho dedicados a melhorar a vida da nossa população, João aceitou o convite do governador Geraldo Alckmin e iniciou, em janeiro deste ano, seu trabalho como presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE).  A FDE é responsável por viabilizar a execução das políticas educacionais definidas pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, implantando e gerindo programas, projetos e ações destinadas a garantir o bom funcionamento, o crescimento e o aprimoramento da rede pública estadual de ensino.

João Cury foi escolhido pelo trabalho que desenvolveu na Educação de Botucatu, onde construiu escolas, entregou uniformes aos alunos, estendeu o bônus do Fundeb a todos os funcionários da Educação; aumentou em quase 100% o número de servidores da Secretaria; implantou do Sistema Próprio de Ensino; investiu em tecnologia [entrega de tablets, notebooks, computadores e projetores interativos às unidades escolares]; entre outros.

A partir de agora, Fernando Cury e Pardini formam uma nova força-dupla que tem todas as condições necessárias para conduzir Botucatu a um novo ciclo de desenvolvimento. Com as gestões a articulação de um deputado estadual que faz questão de dialogar com todas as esferas de poder, independentemente de bandeiras partidárias ou interesses pessoais, o prefeito de Botucatu terá trânsito livre para lutar pelos anseios da população na incansável busca por transformar sonhos em realidade. O lema continua sendo o mesmo de sempre: Tamojunto!